Twitter Facebook YouTube

CUT SC > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > CUT PARTICIPA DE ENCONTRO ESTADUAL DOS ATINGIDOS POR BARRAGENS DE SANTA CATARINA

CUT participa de Encontro Estadual dos Atingidos por Barragens de Santa Catarina

26/02/2016

CUT-SC participou da atividade e foi uma das 20 entidades homenageados, bem como entidades da Via Campesina, o Deputado estadual Dirceu Dresch e outras entidades

Escrito por: Adriana Maria com informações do site do MAB Nacional

CUT foi uma das entidades homenageadas no encontro

Durante os dias 18 e 19 de fevereiro, aproximadamente 200 pessoas participaram, na Comunidade de Santa Fé Baixa, no município de Itapiranga, do Encontro Estadual dos Atingidos por Barragens.

Com o lema “Água e Energia com soberania, distribuição de riqueza e controle popular” e gritos de ordem “Água e Energia não são Mercadorias” e “Água para a vida e não para a morte” o encontro histórico consolidou a organização no estado e demonstrou que quando a causa é justa a luta não é solitária. Assim como a CUT, muitas outras entidades, sindicais e populares estiveram presentes e reafirmaram o comprometimento com esses trabalhadores.

A luta histórica dos atingidos iniciou no final da década de 70 e perdura até os dias atuais, com episódios de extrema tensão entre atingidos e representantes do Estado e empresas privadas. Não foram poucos os momentos de enfrentamento e expulsão de técnicos das empresas das propriedades que seriam alagadas pela água.

O projeto de construção de barragens na bacia do Rio Uruguai desperta, há mais de trinta anos, a indignação dos agricultores e moradores dos municípios da região. O Movimento dos Atingidos por Barragens - MAB, durante essas três décadas, sempre denunciou o Estado Brasileiro e as grandes empresas do setor de energia de serem responsáveis pela expulsão de milhares de famílias, sem a devida reparação dos direitos.

Adriana Maria Antunes de Souza, Secretária de Comunicação da CUT SC, participou da atividade e reforçou a importância da aliança entre os movimentos de esquerda no estado. “ A CUT-SC identifica-se com o Movimento, também, no objetivo geral que é de construção de um mundo mais justo e igualitário, para isso não temos dúvidas que precisamos estar juntos e unidos para vencer essa onda conservadora que tenta reduzir nossos direitos”, destacou Adriana.

Homenagens - No primeiro dia de encontro, o MAB homenageou mais de vinte pessoas e organizações que contribuíram ou contribuem ativamente na luta do movimento, como falecido bispo da Diocese de Chapecó, D. José Gomes, o pastor da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, Guinter Wolff, o ex- ministro José Fritsch, e as lideranças atingidas, José Hélio Mecca e Arsélio Mossman.

O encontro contou também com um momento de estudo sobre a luta do MAB na construção da Política Nacional de Direitos de Atingidos – PNAB, seguindo com depoimentos de atingidos das barragens de Itapiranga, foz do Chapecó, Itá, Barra Grande, Campos Novos, São Roque e Rio Chapecó, trazendo presente denúncias de violação de direitos na trajetória da organização, bem como a luta dos atingidos para conquistar os direitos nestas barragens.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
Tutorial: Saiba como participar da campanha pela anulação da Reforma Trabalhista
Tutorial: Saiba como participar da campanha pela anulação da Reforma Trabalhista

#AnulaReforma

RÁDIO CUT
Programa DizCUT Jornal dos Trabalhadores

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DE SANTA CATARINA
Rua Visconde de Ouro Preto, 87 | Centro | CEP 88020-040 | Florianópolis | SC
Fone: (048) 3024-2053 | www.cut-sc.org.br | e-mail: cut-sc@cut-sc.org.br