Twitter Facebook YouTube

CUT SC > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > AGENDADA PRIMEIRA RODADA DE NEGOCIAÇÃO ENTRE SINSEJ E PREFEITURA DE JOINVILLE

Agendada primeira rodada de negociação entre Sinsej e Prefeitura de Joinville

12/04/2017

O prefeito Udo Döhler agendou a primeira audiência de negociação da Campanha Salarial 2017 com o Sindicato dos Servidores Municipais de Joinville e região – Sinsej

Escrito por: Francine Helmann

O encontro será na próxima terça-feira, 18 de abril. A data-base dos servidores municipais de Joinville é 1º de maio e a pauta de reivindicações está protocolada desde 21 de março.

Reivindicações - A pauta, aprovada em assembleia no dia 13 de março, solicita o reajuste com base na inflação mais 5% a título de reposição das perdas salariais acumuladas historicamente. Em abril, o INPC acumulado dos últimos 12 meses estava em 4,57%, mas este índice pode variar até a data-base.

Também pede a equiparação do valor do vale-alimentação com o pago pela Companhia Águas de Joinville, que é em média de R$ 680, e a extensão deste benefício para todos os servidores, incluindo aposentados. A revisão do plano de carreira geral, de modo que todos os servidores possam progredir por titulação e formação, a regulamentação dos 33,33% de hora-atividade, a contratação imediata e abertura de concurso para suprir a demanda nas unidades, a apresentação de proposta para o atendimento da saúde dos servidores e a revogação da portaria que suspende a venda de um terço de férias, indenizações e gozo de licença-prêmio e abono natalino constam ainda no documento. Ao todo, a pauta tem 11 cláusulas econômicas e 22 sociais, que atingem diversos setores. Ela também elenca sete acordos não cumpridos de campanhas salariais anteriores.

Paralisação em 28 de abril - Os servidores de Joinville estão chamados a paralisar novamente no dia 28 de abril, atendendo à convocação nacional, que agora ganha reforço de outras centrais sindicais. A Reforma Trabalhista está agendada para ser votada ainda mais rápido que a da Previdência, em 19 de abril. Até o fim de maio, o governo federal pretende já ter finalizado a retirada de inúmeros direitos e a destruição da aposentadoria dos brasileiros.

As atividades de 28 de abril começam às 9 horas, em frente à Prefeitura, com uma assembleia dos servidores, que discutirá o andamento das negociações municipais e a decisão sobre a próxima etapa de mobilização. A partir das 10 horas, todas as categorias da região, estudantes e comunidade em geral estão convidados para uma grande manifestação contra as Reformas da Previdência e Trabalhista.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Programa DizCUT Jornal dos Trabalhadores

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DE SANTA CATARINA
Rua Visconde de Ouro Preto, 87 | Centro | CEP 88020-040 | Florianópolis | SC
Fone: (048) 3024-2053 | www.cut-sc.org.br | e-mail: cut-sc@cut-sc.org.br