Twitter Facebook YouTube

CUT SC > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SERVIDORES EM GREVE FAZEM PROTESTO NA ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDUSTRIAL

Servidores em greve fazem protesto na Associação Comercial e Industrial

09/03/2017

A avaliação do comando de greve é de que 75% da categoria esteja paralisada

Escrito por: Sergio Honrich

Os servidores jaraguaenses, em greve desde segunda-feira dia 6 de março, aproveitaram o dia internacional das mulheres  para fortalecer o movimento junto aos locais de trabalho e para protestar no pátio da Associação Comercial de Industrial de Jaraguá do Sul - Acijs. No período da manhã, os servidores se concentraram no Centro Administrativo Municipal, onde prestaram homenagens com música e poesia às mulheres, pela passagem do 8 de março - Dia Internacional da Mulher. Parte dos servidores marcou presença no Seminário "Reforma da Previdência: sua aposentadoria acaba aqui", realizado no STIVestuário, numa promoção da Intersindical dos Trabalhadores de Jaraguá do Sul e Região e que teve como palestrantes o advogado Matusalém dos Santos, especialista em Direito Previdenciário, e o economista do Dieese, Maurício Mulinari.

No início da tarde, os manifestantes se dividiram em dois grupos: o primeiro foi até a sede do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto - Samae para pedir o engajamento dos servidores que ainda não aderiram à greve; o segundo grupo realizou protesto na sede da Acijs: a entidade empresarial enviou aos vereadores uma carta de apoio ao pacote de medidas do prefeito Antídio Lunelli que arrocha os salários e retira direitos dos servidores, numa demonstração de que o "pacote de maldades do prefeito" foi gestado naquela entidade. As manifestações contaram com as presenças do presidente da Federação dos Trabalhadores Municipários - Fetram-CUT, Lizeu Mazzioni e do economista do Dieese, Maurício Mulinari. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sinsep) divulgou Carta Aberta, que foi lida na frente da Acijs e tem o seguinte teor:

O lucro individual e o bem coletivo

A população de Jaraguá do Sul está ciente da luta que estamos travando para defender direitos conquistados ao longo de décadas. Nós, servidores públicos municipais, estamos em greve porque somos contra o pacote de equilíbrio financeiro do Executivo, mais conhecido como “Pacote de Maldades do Antídio”. Pois bem, esse pacote começou a ser feito ano passado, na época da eleição municipal, lá dentro da Associação Comercial e Industrial de Jaraguá do Sul - Acijs. A entidade patronal lançou uma carta aberta aos então candidatos a vereador e a prefeito contendo as diretrizes que gostariam que fossem seguidas na administração municipal. Ideia principal contida na carta: a redução de 6% dos recursos destinados à Educação e Saúde Públicas.

Novamente a Acijs envia uma nota aos vereadores, alertando os mesmos de que o melhor é aprovar todo o pacote do prefeito, porque é isso que se espera deles, eleitos pelo povo para defender os direitos desse mesmo povo que, agora, estão prestes a abandonar, ao que parece. O que a Acijs não admite é que o poder público sirva ao coletivo e deve ter interesses coletivos. Nesse sentido, é o servidor concursado que cumpre a tarefa de intermediar e de servir. A Acijs entende de empresas, de lucro individual, de interesses privados.

Atacar os direitos de toda a categoria, reduzir os salários em até 25% em uma só canetada, jogar a população contra o servidor público. Este foi o caminho tomado pelo prefeito Antídio Lunelli, o “escolhido da Acijs” para implantar a carta aberta divulgada em junho do ano passado. Ao invés do sacrifício aos servidores, o prefeito, a Acijs e alguns vereadores deveriam resgatar os mais de R$ 100 milhões em dívida ativa e impostos sonegados do município. Há diferenças substanciais entre o público, o bem do coletivo, e o privado, o lucro individual da exploração. Mais respeito ao coletivo é o que desejamos. A população merece. Somos maioria.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

TV CUT
Tutorial: Saiba como participar da campanha pela anulação da Reforma Trabalhista
Tutorial: Saiba como participar da campanha pela anulação da Reforma Trabalhista

#AnulaReforma

RÁDIO CUT
Programa DizCUT Jornal dos Trabalhadores

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES DE SANTA CATARINA
Rua Visconde de Ouro Preto, 87 | Centro | CEP 88020-040 | Florianópolis | SC
Fone: (048) 3024-2053 | www.cut-sc.org.br | e-mail: cut-sc@cut-sc.org.br